1984

UT Libraries 2008

  • p. 5

Seu coordenador, o desenhista e escultor Jorge de Salles, 35 anos, reconhece que procurou “sair na frente”, pois a Funarte programa uma retrospectiva dos desenhos do artista e a Nova Fronteira prepara a publicação de um livro ilustrado.

A exposição, porém, tem surpresas engraçadas. Ziraldo, por exemplo, conseguiu unir a singela Melindrosa de J. Carlos com o seu Jeremias, o Bom. Millôr trocou o Cristo Redentor pela mesma Melindrosa. Chico Caruso caricaturou vários J. Carlos, e Fortuna e Paulo Caruso associaram o estilo e as personagens do …

Ele foi o mais talentoso e compete cartunista da primeira metade do século”, diz Ziraldo.

Vítima de derrame cerebral, J. Carlos morreu em 1950, então casado e com cinco filhos, sem ter realizado uma única exposição de seus trabalhos. “Essa exposição é uma oportunidade para a nova geração descobrir J. Carlos”, diz Salles, …

Anúncios