1963

vol. 3

Herman Lima

  • p. 1072

Ninguém exerceu com maior dignidade profissional a sua arte do que esse incomparável desenhista, cujas criações, da mais bela e escorreita execução e do mais fino gosto, aliados à graça do motivo e à elegância do traço, encheram durante quase meio século as páginas das nossas melhores revistas ilustradas.

Entretanto, talvez não haja, entre nós, país por excelência de autodidatas, exemplo igual de autodidatismo de um artista cuja obra se assinalava justamente pela perfeição do desenho, pelo equilíbrio da composição, pela harmonia do colorido, pela maravilhosa ciência do traço que fazia dos seus originais obras-primas de limpeza, livres, na quase totalidade, de qualquer emenda ou rasura, como ficou evidenciado de público, na sua grande exposição retrospectiva do Salão Assírio, em fins de 1950.

vol. 4

M Library 2006

  • p. 1764

Careta, Rio de Janeiro, 1908-1960.

J. Carlos, K. Lixto, J. Machado, Storni, Belmonte, Theo, Osvaldo, Nássara, Luís Carlos, A., Haroldo, Rian.